Telefone (11)5584.8399
Telefone (11)5589.9856
Av. Dr. Altino Arantes, 1150 São Paulo - SP
Close
Av. Dr. Altino Arantes, 1150 São Paulo - SP
(11)5584.8399 tecnotherm@tecnotherm.com.br

Willis Carrier, o pioneiro

Willis Carrier, inventor do ar condicionadoUm homem à frente do seu tempo. Um nome que virou marca e sinônimo de qualidade em um mercado. Este foi Willis Carrier, engenheiro norte-americano nascido em 1876, em Nova York, considerado o pai do mercado HVAC. Nascido em 26 de novembro, o genial inventor faria hoje 140 anos.

Em 1897, Carrier conseguiu uma bolsa de estudos da Universidade Cornell e se formou, em 1901, com licenciatura em engenharia mecânica. Passou a trabalhar para a Buffalo Forge Company, fabricante de aquecedores, ventiladores e sistemas de exaustão de ar. Lá, atuava no departamento de engenharia de concepção de sistemas de aquecimento voltados para secar madeira e café.

Em 1902, Carrier, ao tentar resolver um problema de qualidade existente em um cliente da empresa em que trabalhava, apresentou seus desenhos do que se tornariam o sistema de ar condicionado atuais. A instalação marcou o nascimento do setor de HVAC.

Willis Carrier: pioneiro

Andre Altobello, da Tecno ThermDurante séculos, o homem enfrentou muitas dificuldades para minimizar os efeitos do calor. Ventiladores, abanadores e até armazenamento de gelo foram algumas das alternativas tentadas, todas sem sucesso efetivo. Em 1902, o engenheiro norte-americano Willis Carrier mudou essa realidade. “Trata-se, acima de tudo, de um grande inventor e engenheiro. A tecnologia que criou está presente em toda parte, assim como a empresa que leva seu nome”, afirma o diretor da Tecno Therm, Andre Altobello.

A partir de 1924, estabelecimentos comerciais e lojas de departamentos de Boston e Nova York, além de prédios e escritórios, já utilizavam ar condicionado. Nos anos 1950, passam a se popularizar os aparelhos residenciais. Os primeiros modelos de janela apareceram apenas 20 anos depois.

No Brasil, o clima quente favorece o uso de ar condicionado. Por isso, a cronologia de desenvolvimento do setor, de certa forma, é similar aos dos EUA. A primeira grande obra a receber um sistema de ar condicionado foi o Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Um dos cartões postais da cidade, foi erguido entre 1905 e 1909.

Nos anos 1950, a Springer trouxe para o Brasil os aparelhos de janela e popularizou o uso entre as camadas mais abastadas. Duas décadas depois, as primeiras fabricantes estrangeiras começaram a instalar fábricas no país. Com a chegada de players asiáticos, nos anos 1990, a indústria de ar condicionado teve forte expansão, aumentando também a competição por aqui.